fala

A Fala é a produção da Linguagem a nível fónico, isto é, através do processo de articulação de sons.

Para que esta ocorra sem alterações é necessário que não existam alterações ao nível da articulação, da fluência, da respiração e da voz.

  • Articulação: Movimentação correcta, coordenada e harmoniosa de todas as estruturas que intervêm na articulação dos sons (quer os articuladores fixos quer os articuladores móveis): lábios, língua, dentes, palato
  • Fluência: Diz respeito ao ritmo da fala que deve de ser adequado, sem bloqueios, repetições de sons ou sílabas, sem alteração da tensão muscular, etc.
  • Respiração: A fala dá-se durante o ciclo expiratório (ar a sair dos pulmões), sendo preciso alguma coordenação a nível respiratório, principalmente quando queremos transmitir bastante informação.
  • Voz (explicitada noutra área de intervenção)

Principais alterações da Fala

  • Perturbações Articulatórias (estruturais);

Causas – Respiração oral e mista, alterações da mastigação, malformações craniofaciais congénitas (ex: fenda do palato e/ou lábio leporino), alterações das estruturas orais, alterações da sensibilidade oral, anomalias adquiridas como consequência de lesões nas estruturas orofaciais ou derivadas de cirurgia (remoção total ou parcial de algumas estruturas), etc.

  • Perturbações da Fluência; (ex: Gaguez, Taquifémia)
  • Perturbações Motoras da Fala: (ex. Disartria, Apraxia do Discurso)

Causas – Lesões neurológicas desencadeadas por AVC’s, Traumatismos Crânio-Encefálicos ou Doenças degenerativas do Sistema Nervoso, etc.

(voltar atrás)